Processo de Criação de um Software

Meu processo de criação, do briefing a implantação.

A criação de um software é um projeto importante para qualquer empresa, o sucesso da empresa pode depender desse software, o cadastro de clientes, controle de estoque, gerar e armazenar notas fiscais, e os problemas que geram falta de produtividade, perca de tempo, dinheiro, e tudo mais que podem ser solucionados com um software específico.

A escolha de uma empresa, um profissional, que ficará responsável por esse projeto é sempre algo muito difícil, nesse post vou descrever como é meu processo de criação/desenvolvimento, e alinhar conhecimento com os clientes, e ajudar a manter esse processo de desenvolvimento, que fazemos juntos, mais claro e tranquilo.

Etapas de um Projeto:

Briefing

Todos os projetos começam no briefing, marcamos uma reunião (serão várias reuniões durante o projeto) que pode ser por Skype ou outro meio de comunicação, e até presencial se possível, onde faço o primeiro levantamento do projeto, qual será o objetivo, os problemas que o cliente deseja resolver, funcionalidades esperadas, qual o prazo que pretende estipular, e através dessas informações, será possível criar uma proposta de desenvolvimento.

Proposta

Com todas as informações em mãos, confecciono a proposta para o projeto, coloco em um documento todas as etapas necessárias, tecnologias utilizadas, prazos, valores e formas de pagamento, e encaminho o documento por e-mail.

Escopo

Com a proposta aprovada, é hora de definir responsabilidades, procedimentos, principais limites do projeto, e deixar claro todas as funcionalidades e obrigações, para que esse documento seja anexado ao contrato.

Contrato

Ter um contrato, formalizado e por escrito, é uma das garantias de que o produto será entregue, o mesmo é enviado por e-mail para análise das cláusulas, de comum acordo, o mesmo é assinado.

Validação do Escopo/Projeto

Para ficar claro o caminho que será tomado, e evitar retrabalho, dependendo da complexidade do projeto, e as vezes a dificuldade de comunicação, para ter certeza que ficou claro e estamos falando a mesma "língua", crio Wireframes(protótipo) das telas e funções, dando uma visão completa do software.

Desenvolvimento

Com tudo alinhado, é hora de transformar café em código(piada de programador rs), dependendo do projeto, se é online, disponibilizo uma sandbox(área de testes), e conforme vou avançando, vou liberando algumas áreas, para o cliente já ir validando o software, e não ter que ficar muito tempo no escuro sem saber se está sendo realmente feito o que foi acertado.

Testes

Durante o desenvolvimento, já são feitos testes da "estrutura" do sistema, se o que está sendo criado na parte de código, está correto, mas também existe os testes da regra de negócio, que o cliente pode testar também durante o desenvolvimento, pela sandbox que já comentei, mas agora já pode fazer testes mais completos.

Implantação

Tudo testado e aprovado, e hora de colocar no ar, conforme foi acertado em contrato, o sistema será disponibilizado na nuvem, ou localmente, ou no caso de aplicativos, nas lojas de aplicativos conforme contrato, também em contrato já deixamos estipulado como será o suporte, e pronto, é hora de colher os benefícios que só uma tecnologia bem aplicada pode dar.

James Kamradt Jr

Desenvolvedor FullStack :)
comments powered by Disqus

Interessado em meus trabalhos?

Podemos conversar , e até lhe enviar uma proposta de trabalho sem compromisso!
www.000webhost.com